segunda-feira, 18 de junho de 2012

Maria Antonia


Para a porta da maternidade




O que o vento não levou...
No fim tu hás de ver que as coisas mais leves
são as únicas que o vento não conseguiu levar:

Um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia, o próprio vento



Mario Quintana




3 comentários:

Dulcineia disse...

Olá Maria Alice
Lindos trabalhos como sempre, adorei também a corujinha em baixo!! Parabéns por mais um belo trabalho!!
Bjs e uma linda semana
Dulcineia

Betty Gaeta disse...

Oi Maria Alice,
O quadrinho está lindo e o poema do Quintana ainda mais!
Tenha uma ótima semana!
xoxo

www.gosto-disto.com

Maria Célia disse...

Oi Maria alice
Muito lindinho este quadrinho para Maria Antônia.
Beijo.