quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Caixa para madrinhas.......








Tampa vazada a laser com as iniciais dos noivos e tecido combinando com a decoração da festa




POEMINHA SENTIMENTAL

O meu amor, o meu amor, Maria
É como um fio telegráfico da estrada
Aonde vêm pousar as andorinhas...

De vez em quando chega uma
E canta(Não sei se as andorinhas cantam, mas vá lá!)
Canta e vai-se embora

Outra, nem isso,
Mal chega, vai-se embora.
A última que passou
Limitou-se a fazer cocô
No meu pobre fio de vida!

No entanto, Maria, o meu amor é sempre o mesmo:
As andorinhas é que mudam.



Mario Quintana

Posted by Picasa

2 comentários:

Meus trabalhos em Mosaico disse...

Oi, Ficou otimo as caixas, bem feitinhas !!
Lindas palavras... bjs

duendes disse...

Ola querida como foi a viagem????Espero bem.Ficaram lindas as caixas muito elegantes.beijocas mil.